domingo, 10 de janeiro de 2016

De Cinco em Cinco


Minha avó - Celina Barbosa - teve a ideia meio aleatória: guardar uma foto do neto a cada cinco anos de idade. Vi as fotos penduradas na parede dela e tive a outra ideia: a de colocá-las numa moldura.

Com os espaços necessários pra ir colocando as novas fotos, claro. Sejamos práticos.

E aconteceu que por essas coisas da vida o presente voltou ao presenteador. E hoje olhei pra ele e pro próximo espaço em branco - e me dei conta que tá na hora de atualizar a seqüência e colocar a foto dos três ponto cinco.

E me peguei pensando nessas coisas da vida e em como cinco anos fazem diferença, e em como às vezes não fazem diferença. E respirei fundo.

E comecei a suspeitar que talvez a dona Celina tivesse um plano, e que talvez a ideia não fosse tão aleatória assim. E agradeci meu presente de aniversário.

Pesquisar